Compartilhe...

Share
    • 19 SET 18
    • 0

    Há quem ache que os cuidados com a dentição de uma criança podem ser apenas realizados em casa e em consultas semestrais com o dentista para a realização da limpeza. Porém, se seu filho sofre por problemas no alinhamento dos dentes, a má oclusão pode ter diferentes origens: hereditária, naturais, por conta de hábitos ruins – como sucção da chupeta, dos dedos -, por problemas respiratórios, cáries dentais, perda de dentes, impactos.

    Qual a importância da ortodontia preventiva?

    Independente da sua origem, os problemas de alinhamento podem ser tratados na ortodontia. Com um diagnóstico, planejamento e o tratamento adequado, qualquer pessoa pode ter um sorriso bonito e alinhado. E, quanto mais cedo os três passos forem realizados, mais rápido o alinhamento poderá ser concluído.

    Por isso, a ortodontia preventiva é fundamental e de extrema importância tanto para a estética do seu filho quanto para a saúde bucal dele, pois deixar os dentes desalinhados pode causar sérios problemas a longo prazo.

    Quando ela deve ser iniciada?

    A ortodontia preventiva e interceptativa deve ser iniciada assim que a dentição decídua – ou seja, os dentes de leite do seu filho – aparecerem. Ela faz com que sejam possíveis as perspectivas de possuir dentes saudáveis e bonitos com o mínimo de intervenções necessárias, realizando o acompanhamento do crescimento da face, monitoramento das erupções dentárias da criança e intervindo quando necessário.

    A primeira avaliação com o ortodontista é recomendada aos 5 anos de idade da criança ou, em muitos casos, até antes, quando o odontopediatra julgar necessário. Por isso, a consulta do seu filho com ele deverá ser realizada nos primeiros anos de vida.

    A visita precoce, entretanto, não significa que a criança sairá do consultório com aparelhos. Porém significa que o ortodontista já poderá realizar um planejamento e acompanhamento da saúde bucal do pequeno paciente.

    Assim, quando for perceptivo que os dentes do seu filho estão desalinhados, impossibilitando uma boa respiração, mastigação e outras funções do corpo humano, assim como interferindo em uma adequada nutrição e saúde bucal, ele precisará de um tratamento ortodôntico. Para isso, uma avaliação criteriosa do ortodontista deve ser realizada.

    Agende hoje mesmo a consulta do seu filho comigo e ofereça a ele os benefícios de um tratamento ortodôntico em busca de uma dentição perfeita.